Solidão tremenda

Um — o tipo emo, na meditacao suspendeu sobre um caderno, provavelmente escreveu o poema sentimental na vida peripetias em uma esquina.

Outro cliente — a mulher de anos medios, sentou-se no meio do cafe tambem fingiu que nao le o assunto de amor que esta antes dele. E muito duvidoso que Lili se escondesse deles.

— De quem fala? — Severin perguntado. Pos livros sobre um sofa perto de si mesma e aproximou-se mais perto a amiga.

Lili fez um som da decepcao e os olhos mostraram Severin para voltar atras.

— Parva — disse pelos dentes juntados firmemente. — Olham. Em escrivaninha de caixa.

— Se os vir porque entao me pergunta se partiram?

Lili ignorou-o e arrastou os pes em uma cadeira. Agarrou a primeira revista e cobriu uma cara. E mau o que escolheu com esta finalidade de «Maximas». Em uma cobertura a atriz inteligente com o feito beico representou-se. Os seus dedos aderiram ao lingerie de cadarco, e a blusa branca magicamente abriu-se, tendo desnudado uma depressao de peito na terra.

Mostrou uma classe ao mundo inteiro.

Segnala o richiedi rimozione

Condividi questo libro

Recensioni e articoli

Aggiungi una recensione   Aggiungi un articolo

Non ci sono ancora recensioni o articoli