Palmas da vida que morre

Tomei de umas botas de mesa de cabeceira em um alto salto e substitui apartamentos comodos com calcado, mais aceitavel para a rua. O unico par na minha roupa. Botas em um salto e pertenci aos mundos diferentes que foi obvio. Mas, se a minha mumia os apresentou como um presente, decidido estoicamente para aprender a ir na altura sete-centimetric. Rapido posto no variegado um plashchik e durante um par de minutos ja se apressou (pelo que fosse possivel) ao elevador, dia de folga bem esperado contente.

O escritorio da nossa companhia pequena, mas muito orgulhosa, localizou-se no soalho vinte e cinco mais alto. No meu medo terrivel da altura e a falta mais absoluta, por isso, uma saida a janelas e balcoes encomendou-se ate no emprego.

A proposito, trabalho so um ano aqui. Os primeiros deveres do gerente criativo foram a escuridao, e logo quando entendi, do que se envolve na agencia publicitaria, tornou-se a adicao agradavel no salario.

Sim, o meu trabalho e agradavel para mim que aconteco extremamente raramente. Tendo substituido varios lugares, estive feliz.

Contudo o que a menina de vinte e tres anos sem a educacao terminada pode dizer? Correspondencia nao se conta — ele no processo por enquanto.

Refletindo na propria vida, olhei em uma parede de espelho do elevador e encontrei que nao mal olho para o fim do dia util. Embora, em geral nao mal olhe em qualquer situacao, naturalmente. Nao sei, se com a genetica teve sorte, se a natureza foi favoravel, mas nos pais fui prospero bastante bonito.

Caracteristicas delicadas harmoniosas, ate muito pequenas, corretas, olhos azul-claros e cabelo preto., parece, algo especial, e, inteiro, beleza! E deixe nao dizem que sou demasiado ambicioso. Nao se louvara … e e necessario iluminar o humor as vezes de qualquer maneira.

Segnala o richiedi rimozione

Condividi questo libro

Recensioni e articoli

Aggiungi una recensione   Aggiungi un articolo

Non ci sono ancora recensioni o articoli