Sucatas do amor perdido

Valeu a pena denominar-me Aleksandra para chamar Alya … — a menina franziu-se desdenhosamente — Igualmente bem pode denominar-me Alevtina ou Albina. Ele embora os nomes de mulher.

— Chamaram-no na honra … — Veronika nao conseguiu terminar de falar como a filha aprende-se repetiu o fim de uma frase:

— A avo Shura! Mae, sei-o, e, geralmente, contra nao tenho nada. So nao me chame este nome louco!

— Sabe que — consideravelmente tendo perdido paciencia, a mae agarrou de uma cadeira apoiam um vestido que se veste da filha e literalmente adiam-lhe-o em maos — os seus caprichos ja me incomodaram! E perfeitamente sabe que como quer, nao o chamarei! Tanto o pai nao sera, como proibirei Oleg!

Segnala o richiedi rimozione

Condividi questo libro

Recensioni e articoli

Aggiungi una recensione Aggiungi un articolo

Non ci sono ancora recensioni o articoli